Este é um microcosmo apartidário embora ideológico, pois «nenhuma escrita é ideologicamente neutra*»

*Roland Bartes

Intros: 1 2

domingo, 4 de dezembro de 2022

Carlos já não cantou desta vez

Toda a sua a vida cantou para a sua mãe.
Naquele dia triste para ele, por ser a última despedida de sua mãe e, simultaneamente, herdando toda a responsabilidade nos seus ombros pelo reinado que terá, fácil é concluir que foram momentos de emoções díspares e difíceis de aglutinar. Mas, apesar da óbvia e natural dificuldade, soube estar à altura.
De facto, o cerimonial, e por mais que os simplistas queiram desmontar e desvalorizá-lo, é uma evidência de rigor, de união, até de métrica protocolar e, sobretudo, de legado para lembrar o serviço do Rei: proteger e defender o povo, a sua cultura e costumes ancestrais.
"God Save The King!"


Share |

Rei é Rei

Inflação emanada dos nossos incapazes e burocratas gestores europeus/comunitários? Resta-nos o costume: fazer sacrifícios. O Rei diz como é.

Apesar dos atuais sistemas cercarem, flanquearem e até impedirem um monarca de exercer o seu poder com base numa apurada preparação e formação de anos, Carlos III mostra-os como, emergindo, pode ainda ser Rei com o pouco que dispõe para o efeito.

Share |

Viv'á D.Amélia

Um interessante e muito antigo canto popular, pós implantação da república:

"Ó Laurentina
Laranj'amarela
Fora co'a república
Viv'á D.Amélia"


Share |

Literatura feminina?!

Tão deliciosamente observado.
Em tanta insensatez, alguma sensatez.


Share |

Fealdade

"Para cada Monarquia derrubada o céu torna-se menos brilhante, porque perde uma estrela. Uma república é a fealdade à solta."

- Anatole France, Prémio Nobel da Literatura em 1921


Share |

PCP? 100 anos? Ou anos 70?

Em pleno século XXI, depois de ver o seu Congresso e quem o Comité Central elegeu, como é que um partido destes tem legitimidade democrática para estar legalizado?
Pior...o problema é o Chega!, sem antecedentes Estalinistas, nem a um KGB que um dia ainda se vai saber quantos portugueses matou na II república. Ainda muitos ficarão pasmados com esses números que deverão fazer da PIDE um bando de gatos mansos.


Share |

Para nos salvar

O Cristianismo é unica religião da história do planeta em que (um) Deus morreu para salvar a humanidade.
É extraordinariamente única.
Ironicamente: muita imaginação devem ter tido aqueles pobres e simples pescadores, para terem mudado o mundo civilizacional para sempre...

Share |

"Muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu!"


Eu disse em 2021, Deus disse há 2.000 anos:

Sinopse do Santo Evangelho abaixo descrito - "Cuidado para não serdes enganados, porque muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu!, e ainda: O tempo está próximo. Não andeis atrás dessa gente! Quando ouvirdes falar em guerras e revoluções, não fiqueis apavorados. É preciso que essas coisas aconteçam primeiro, mas não será logo o fim."

Evangelho (Lc 21,5-19): Naquele tempo, algumas pessoas comentavam a respeito do templo, que era enfeitado com belas pedras e com ofertas votivas. Jesus disse: «Admirais essas coisas? Dias virão em que não ficará pedra sobre pedra. Tudo será destruído».
Mas eles perguntaram: «Mestre, quando será, e qual o sinal de que isso está para acontecer?» Ele respondeu: «Cuidado para não serdes enganados, porque muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu!, e ainda: O tempo está próximo. Não andeis atrás dessa gente! Quando ouvirdes falar em guerras e revoluções, não fiqueis apavorados. É preciso que essas coisas aconteçam primeiro, mas não será logo o fim».

E Jesus continuou: «Há de se levantar povo contra povo e reino contra reino. Haverá grandes terremotos, fome e pestes em vários lugares; acontecerão coisas pavorosas, e haverá grandes sinais no céu. Antes disso tudo, porém, sereis presos e perseguidos; sereis entregues às sinagogas e jogados na prisão; sereis levados diante de reis e governadores por causa do meu nome. Será uma ocasião para dardes testemunho. Determinai não preparar vossa defesa, porque eu vos darei palavras tão acertadas que nenhum dos inimigos vos poderá resistir ou rebater. Sereis entregues até mesmo pelos próprios pais, irmãos, parentes e amigos. A alguns de vós matarão. Sereis odiados por todos, por causa de meu nome. Mas nem um só fio de cabelo cairá da vossa cabeça. É pela vossa perseverança que conseguireis salvar a vossa vida!».

Share |

O subjetivismo e o relativismo

Quando criamos o nosso próprio deus, Nietzsche ganhou. Matamos, em nós, Deus.
Deus é universal, omnipotente e omnipresente, parte do todo para o interior de cada um. O processo não é o inverso.

Post Scriptum - O referido supra é o subjetivismo e o relativismo, infelizmente, e a título de exemplo, introduzidos pelo V-II no Catolicismo e está, objetivamente, a dizimá-lo.

Share |

Eventualmente sim...

"A diferença entre o que estamos a fazer e o que somos capazes de fazer resolveria a maior parte dos problemas do mundo.” 

Mahatma Gandhi

Share |

Bravos

Obviamente não restringido a uma interpretação literal:
"Sagras a vida quando guerreias"
In "Brava Dança dos Heróis" 

Heróis do Mar

Share |

SELECTION SOUNDZZZzzz!


Share |

sábado, 8 de outubro de 2022

Deus --» Big Bang

"O padre belga Georges Lemaître explicando a sua Teoria do Big Bang ao Papa Pio XII, em 1951. Lemaître foi o primeiro a propor o que ficou conhecida como Teoria da Origem do Universo através de uma grande explosão (Big Bang), o que ele chamava de Hipótese do Átomo Primordial (mais tarde, chamou-a, também, de "O Começo do Mundo"). Em 1927, Georges Lemaître afirmou que o Universo está em expansão (foi o primeiro, igualmente, a formular a Lei de Proporcionalidade entre Distância e Velocidade de Afastamento das Galáxias), o que mais tarde foi confirmado pelo astrônomo Edwin Hubble."

Via - Liberto Rocha.


Share |

Constituições Escritas e Não Escritas

Com as recentes manifestações na Grã Bretanha, comparativamente, emerge a mediocridade que nos impuseram e que nos conduz com fracas elites desde 1910.

Da predita comparação a realidade é clara. Façam a V. interpretação:

1.ª Constituição republicana (I república) - Fortemente ideológica, marcada pelo jacobinismo radicalmente laico (ex. chegou a levar à perseguição de padres que eram qualificados como criminosos de delito comum apenas por serem religiosos);

2.ª Constituição (II república) - Marcada pela introdução do Cooperativismo e não fascista, porquanto Salazar, embora sob pressão de Rolão Preto e António Sardinha, nunca quis tal ideologia consagrada na Lex Fundamentalis. Todavia, um regime autocrático e anti comunista, munido de polícia política para travar aquela extrema esquerda e o Bloco Soviético em Portugal;

3.ª Constituição (III república) - Inequívoca e expressamente socialista, retalhada desde de 1976 até à sua última revisão, levando o País ao estado em que se encontra hoje.

Constituição Britânica - Nunca foi escrita, sendo, pois, amplamente mutável aos tempos, dada a sua base assentar nos usos, costumes e, acima de tudo, num substrato jurisprudencial.


Share |

Churchill and Bernard Shaw: a curious dichotomy...so friendly...

George Bernard Shaw para Churchill - "Mando-lhe dois convites para o caso de querer trazer um amigo; isto é, se tiver algum."

Winston Churchill para Shaw - "Lamento não poder estar presente. Gostaria de ter bilhetes para uma próxima sessão; isto é, se houver outra."


Share |

Estado Moderador

O Estado Social tem, com celeridade, de transformar-se num Estado Moderador...ou isto pode não acabar bem.

Share |

O Terminal

Entre duas pessoas que decidiram uma caminhada para sempre juntas, não se deixem confundir, só subsiste, no terminal, o amor.

Share |

Estadistas

"Um político pensa nas próximas eleições; um estadista pensa nas próximas gerações."

Noel Clarasó (1899-1985), escritor.


Share |

SELECTION SOUNDZZZzzz!










 

Share |

«Se mandarem os Reis embora, hão-de tornar a chamá-Los» (Alexandre Herculano)

«(…) abandonar o azul e branco, Portugal abandonara a sua história e que os povos que abandonam a sua história decaem e morrem (…)» (O Herói, Henrique Mitchell de Paiva Couceiro)

Entre homens de inteligência, não há nada mais nobre e digno do que um jurar lealdade a outro, enquanto seu representante, se aquele for merecedor disso. (Pedro Paiva Araújo)

Este povo antes de eleger um chefe de Estado, foi eleito como povo por um Rei! (Pedro Paiva Araújo)

«A República foi feita em Lisboa e o resto do País soube pelo telégrafo. O povo não teve nada a ver com isso» (testemunho de Alfredo Marceneiro prestado por João Ferreira Rosa)

«What an intelligent and dynamic young King. I just can not understand the portuguese, they have committed a very serious mistake which may cost them dearly, for years to come.» (Sir Winston Leonard Spencer-Churchill sobre D. Manuel II no seu exílio)

«Everything popular is wrong» (Oscar Wilde)

«Pergunta: Queres ser rei?

Resposta: Eu?! Jamais! Não sou tão pequeno quanto isso! Eu quero ser maior, quero por o Rei!» (NCP)

Um presidente da república disse «(...)"ser o provedor do povo". O povo. Aquela coisa distante. A vantagem de ser monárquico é nestas coisas. Um rei não diz ser o provedor do povo. Nem diz ser do povo. Diz que é o povo.» (Rodrigo Moita de Deus)

«Chegou a hora de acordar consciências e reunir vontades, combatendo a mentira, o desânimo, a resignação e o desinteresse» (S.A.R. Dom Duarte de Bragança)

«Depois de Vós, Nós» (El-Rei D. Manuel II de Portugal, 1909)

«Go on, palavras D'El-Rey!» (El-Rei D. Manuel II de Portugal)